Campo Itatiba - SP

Paula e Marcos - Vila Rica

No Ano Novo de 2013 para 2014, Paula viajou para Juquehy com sua turma de amigos, sem imaginar as mudanças que aquele Réveillon traria! “Um amigo da turma já alugava uma casa lá com o pessoal do surf. O Marcos fazia parte dessa turma do surf, e foi nessa viagem que nos conhecemos! Foram 12 dias de pura diversão, mas não aconteceu nada, apenas nos tornamos muito próximos. Ficamos tão amigos que saíamos sempre! Até que, seis meses depois, em um bar, estávamos batendo papo, olhei bem para os olhos deles e me deu um ‘click’. Meu Deus, me apaixonei!!! Ansiosa como sou, fiz ele perceber já no dia. E para a minha sorte, ele já estava apaixonado por mim!”, relembra a noiva.

Depois de nove meses, Paula e Marcos decidiram morar juntos. Depois de dois anos, veio o pedido de casamento! “No dia do aniversário de 33 anos dele, resolvemos fazer um churrasco em casa! Quando acordei, já levantei correndo para buscar o presente dele. Depois de abrir, ele disse que também tinha um presente! Eu disse ‘ué, mas o aniversário é seu!’, e ele respondeu ‘o presente é pra gente!’. Ele levantou e voltou com uma sacolinha. Quando abri, era o anel mais lindo do mundo!! E aí ele me pediu em casamento!”, relembra.

A única exigência de Paula e Marcos era que o casamento para 25o convidados acontecesse em meio à natureza. “E casamos no lugar mais lindo que conhecemos! A Fazenda Vila Rica tem uma natureza sem igual e uma energia maravilhosa! Não poderíamos ter feito uma escolha melhor!”, explica. Para ajudá-los com o ano de preparativos, os noivos contaram com Miguel Kanashiro. “A ajuda dele foi essencial.Ele nos deixou completamente seguros, e isso não tem preço! Não tive problemas durante a organização, pois ele arrumava tudo e nos trazia as informações mastigadas! É o melhor assessor da vida, não tem melhor, juro!!”, elogia Paula.

A decoração ficou por conta de Taís Puntel, que trouxe um pouco da Indonésia para o projeto. “Fomos viajar para lá no início do namoro, e nos apaixonamos pelo lugar, pela energia. Então, pedimos para a Taís Puntel colocar uma pitada de Indonésia para a decoração! Na mesa de doces, colocamos o nosso Buda que fica em casa nos protegendo”, explica a noiva. Já o cardápio teve assinatura do Buffet Zest. “Optamos pelo serviço americano, e foi maravilhoso, só recebemos elogios! Tivemos canapés deliciosos, e depois o jantar durante a festa inteira, seguido pelo lanchinho da madrugada. Acho que o destaque foi o pato!”, comenta.

Paula não se imaginava de vestido de noiva, mas encontrou o que procurava com Emannuelle Junqueira. “Queria um estilo que combinasse com a fazenda, então, optei por um modelo bem fluido, sem muitas informações”, detalha. Para arrematar a produção, Paula optou por penteado meio-preso e maquiagem leve, com esfumado na medida certa.

O convite é da Susana Fujita: